domingo, janeiro 27, 2008

Os lobos


«Nos dias do agora, tal como no tempo de D. Afonso Henriques, não querendo o Governo - o governo da governança - ser papado, constrói "lobodutos" para que os lobos e as lobas acasalem em paz e se multipliquem como é da lei do criador: do criador de lobos. E os lobos, papando aqueles que nao conseguiram fugir do interior de país, hão-de guardar da papança dos espanhóis o eucaliptal lisboeta».